Em ato de campanha, Ciro chama Bolsonaro de “nazista filho da puta”.

  Presidenciável Ciro Gomes (PDT) xingou Jair Bolsonaro (PSL), que está hospitalizado

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) chamou nesta sexta-feira o deputado federal e candidato ao Planalto Jair Bolsonaro (PSL) de “nazista filho da puta”.

Bolsonaro, que está internado há duas semanas após sofrer um ataque a faca, lidera todas as pesquisas de intenção de voto feitas até aqui.

Durante ato de campanha em Goiânia, o ex-governador do Ceará interrompe o discurso para reclamar de um suposto apoiador de Bolsonaro que teria entregue a eleitores de Ciro uma camisa com o nome do militar.

“Olha o que é cultura de ódio”, fala o pedetista num carro de som. “Um bobinho, que não deve ter culpa de nada, acabou de criar uma confusão aqui trazendo uma camisa do adversário.”

Em seguida, Ciro afirma que, “fanático como é, que nem o doido que enfiou a faca nele, (Bolsonaro) acha que a política pode ser resolvida assim”.

E pede, ironizando: “Tenham paciência com ele. Ele não é culpado de nada, ele é só vítima desse nazista filho da puta que nós vamos derrotar”.

Ex-ministro de Lula, Ciro lança neste sábado uma ofensiva por estados no Nordeste em busca do voto lulista.

Até domingo, o candidato visita Bahia, Rio Grande do Norte, Piauí, Maranhão e Pernambuco.

De acordo com a última pesquisa Datafolha, divulgada na quinta passada, Ciro aparece empatado tecnicamente com Fernando Haddad (PT), mas numericamente atrás do petista: 13% a 16%.

Bolsonaro encabeça a sondagem, com 28%. O tucano Geraldo Alckmin (PSDB) aparece com 9%..
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget