“POLÍCIA FEDERAL REALIZA AUTUAÇÃO EM FLAGRANTE DE DOIS SUSPEITOS PRESOS PELA POLÍCIA MILITAR/PE-(4º BPM-CARUARU) COM CERCA DE 14 KG DE MACONHA”.

  A Polícia Federal com apoio operacional da Polícia Militar (4º BPM-Caruaru), conseguiu prender, LUCIANA MEDEIROS ALVES DA SILVA, solteira, 34 anos, cabeleireira, natural de Belo Jardim/PE e residente em Caruaru/PE-(não possui antecedentes criminais) e PEDRO FERRREIRA DE ASSUNÇÃO, solteiro, 29 anos, costureiro, natural de residente em Santa Cruz do Capibaribe/PE-(não possui antecedentes criminais).

As prisões aconteceram em virtude de informações repassadas pela Polícia Federal para policiais militares-(4º BPM-Caruaru), dando conta da existência de uma entrega considerável de maconha às margens da BR 232 nas proximidades do Posto Agamenon em Caruaru/PE.  De posse dessas informações e das características físicas dos suspeitos, os militares fizeram vigilância nas proximidades do local apontados nas investigações quando por volta das 13:30h perceberam a chegada de uma mulher (LUCIANA) com as mesmas características apontadas pelos policiais federais e acompanhada de um menor de idade (filho de 17 anos) quando em seguida foi detectado também a chegada de um moto-taxista transportando um homem (PEDRO) que se ausentou do local com o filho da suspeita, os quais voltaram logo em seguida com um saco contendo o entorpecente.

Neste momento foi feita uma abordagem rápida pelos militares onde todos foram detidos e ao ser averiguado o que havia no interior do saco foi encontrado cerca de 6Kg de maconha. Na sequência a presa informou que havia mais maconha armazenada em um matagal próxima de sua residência, onde foi encontrado mais 9Kg de maconha – totalizando um peso bruto de aproximadamente 14Kg da droga.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido toda a droga arrecadada todos foram levados para a Delegacia de Polícia Federal em Caruaru/PE, onde, após ter sido informado dos seus direitos e garantias constitucionais LUCIANA e PEDRO acabaram sendo autuados pelo crime contido nos artigos 33 e 35 da Lei nº 11.343/2006 e artigo 244B do Estatuto da Criança e do Adolescente (tráfico de entorpecentes e associação e corrupção de menores) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão!  O taxista foi ouvido e liberado em seguida por não ter sido constatada a sua participação e envolvimento com os suspeitos, apenas foi contratado para levar um dos envolvidos até o local pelo valor de R$ 10 reais sem, contudo, conhecer nenhum deles.

Em seu interrogatório LUCIANA disse que se envolveu com o tráfico de drogas em razão das dificuldades financeiras que vinha passando em virtude de não estar recebendo a pensão do pai dos seus quatro filhos. E que iria ganhar uma certa quantia de dinheiro para armazenar a droga em sua residência a pedido de um traficante (não deu detalhes), o qual ficaria responsável de lhe encaminhar outros traficantes para comprar a droga. Já PEDRO disse que conheceu LUCIANA há um mês e foi ela quem lhe perguntou se conhecia alguém que comprava maconha e como estava desempregado, resolveu comprar a quantidade de 6Kg pelo preço de R$ 3 mil reais para revende-la por R$ 6 mil no bairro Acauã em Santa Cruz do Capibaribe/PE. Por fim disse que é a primeira vez que se envolve com o tráfico de drogas!

Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML - Instituto de Medicina Legal e em seguida foram encaminhados para a audiência ONDE FOI CONFIRMADA SUAS PRISÕES PREVENTIVAS e em seguida recambiados para os respectivos sistemas prisionais onde ficarão à disposição da Justiça Estadual – já o menor foi encaminhado para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente para serem adotadas as medidas cabíveis.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget