Homicídios: Zona da Mata tem maior percentual de queda do Estado, em abril.

   Com uma redução de mais de 43% no número de casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), no mês de abril, a Zona da Mata pernambucana foi a Região que registrou o maior percentual de queda de homicídios, no Estado.  Ao todo, foram 64 ocorrências registradas no último mês, contra 114 casos notificados em abril do ano passado.

Em relação ao primeiro quadrimestre de 2017, a redução dos casos de CVLI no período foi de mais de 20%. No total, foram 353 homicídios registrados entre os meses de janeiro a abril de 2018, contra 443 ocorrências notificadas nos mesmos meses do ano passado.

“A redução, não só dos CVLIs, mas também dos Crimes contra o Patrimônio, ocorre sucessivamente, em todas as regiões, o que demonstra que o planejamento e a execução de ações de segurança pública, com investimentos importantes na contratação de policiais, viaturas, equipamentos e mapeamento das manchas criminais, estão alcançando resultados importantes, com consistência”, diz o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.

Com esse mapeamento de mancha criminal, foi discutida e implantada a 10ª Companhia Independente de Polícia Militar, em Tamandaré, que entrou em funcionamento no mês de dezembro de 2017. A unidade intensificou o policiamento ostensivo na área, principalmente nos municípios de Sirinhaém, Rio Formoso, Barreiros e São José da Coroa Grande.

Além disso, como a maior parte dos homicídios tem relação com o tráfico de entorpecentes, acertos de contas e outras atividades criminais, o combate à drogas foi fortalecido, na Região, com a implantação do Departamento de Repressão ao Narcotrafico (Denarc) de Vitória de Santo Antão.

.“O trabalho integrado das forças de segurança pública tem refletido diretamente na produtividade. Em abril, foram 541 armas apreendidas e 2.622 acusados presos em flagrante. Só em abril, foram presos 165 homicidas e, com a ampliação do efetivo policial militar nas ruas, estamos trabalhando para que a população se sinta mais tranquila e segura”, completou o secretário.

Crimes contra o patrimônio – Assim como os homicídios, os Crimes Violentos contra o Patrimônio, que incluem ocorrências como roubos e extorsões, também apresentaram redução no mês de abril, nos municípios que compõem a Zona da Mata. Ao todo, foram 914 ocorrências em toda a Região, o que representa uma redução de mais de 24% que o mês de abril de 2017, quando foram registrados 1.204 casos.

Essa redução também tem se mantido nos quatro primeiros meses do ano, que registraram um total de 4.051 ocorrências, o que representa uma queda de mais 23% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram notificados 5.272 casos.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget