Garanhuns: Conselho Municipal de Transporte deve informar com antecedência sobre reuniões para discutir a tarifa de ônibus.

  Após concluir pela necessidade de mais transparência e publicidade na divulgação das reuniões do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito de Garanhuns, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou aos integrantes do órgão que providenciem a ampla divulgação, com antecedência mínima de 30 dias, das reuniões que tenham como finalidade discutir proposta de reajuste das tarifas de transporte coletivo. De acordo com o promotor de Justiça Domingos Sávio Pereira Agra, o Conselho deverá adotar as medidas para informar o público sobre a realização das reuniões, devendo inclusive alertar a população por meio das rádios de Garanhuns. O órgão tem um prazo de 10 dias para dar ciência da recomendação, sob pena de proposição de ação por improbidade administrativa contra os conselheiros.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget