POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO.

FATO: Ocorre que hoje, 24 de Abril de 2018, este efetivo recebeu uma determinação do COPOM para ir á UPA de Santa Cruz do Capibaribe verificar uma vítima de disparo de arma de fogo. Chegando ao local constatamos que um indivíduo de iniciais L A F S, menor de idade estava lesionado no tornozelo direito, uma lesão causada  por disparo de  arma  de fogo e o mesmo nos disse que haveria sido vítima de assalto, porém o efetivo, ao indaga-lo percebeu que havia algo estranho e começou a questiona-lo sobre o ocorrido, e nos foi informado por ele que o próprio já havia sido apreendido várias vezes, inclusive na noite anterior por posse de entorpecente e liberado no mesmo dia, foto este relatado tambem por sua namorada que também se encontrava naquela unidade de saúde, portanto a mesma nos informou que o ocorrido seria que o menor teria atirado em si mesmo de forma acidental e que a arma havia sido colocada baixo do fogão da residência do menor. Fomos á casa do adolescente que fica á Av: Souza Aragão, 653, Dona Dom, juntamente com a namorada do acusado que neste caso seria a testemunha do ocorrido, autorizados pela genitora do acusado e lá encontramos um revólver calibre .38 com capacidade para seis munições de  marca suprimida e número de série 1817 e no interior de um dos quartos da residência um estojo de munição calibre .38 e dois papelotes do entorpecente " maconha".
Todavia, conduzimos o acusado, a testemunha e o material apreendido para a Delegacia de Homicídios de Santa Cruz do Capibaribe para lá serem adotadas as medidas pertinentes e que na ocasião tivemos  um enorme apoio do Delegado de homicídio e de sua equipe.

OCORRÊNCIA: Posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e Posse de entorpecente.

PROCEDIMENTO: B.O.C.

GUARNIÇÃO: GT 11

EFETIVO: Sgt de Souza e Cb Espínola 56
(Equipe Bacural).

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget