GRE Metro Norte realiza ação para orientar professores no Dia Mundial da Voz.

  Instituído em 1999 pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, o Dia Mundial da Voz é comemorado com diversas ações de orientação, conhecimento e encaminhamento adequado de problemas potenciais ou reais. A data foi internacionalmente celebrada a partir de 2003 com diversos eventos organizados, também, nos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Em Olinda, professores e funcionários da Escola Santo Inácio de Loyola, receberam nesta segunda-feira (16), uma fonoaudióloga para tirar dúvidas e adquirir conhecimentos de quais cuidados devem ser tomados com a voz. O evento teve como objetivo promover a conscientização dos participantes sobre a importância da voz humana para a promoção da saúde, bem como realizar a informação de sinais e sintomas que favoreçam o diagnóstico precoce de doenças, como o câncer de laringe, que pode comprometer a qualidade de vida e a própria sobrevida dos indivíduos.

 Na ocasião, a fonoaudióloga Roberta Menezes, ministrou uma palestra com orientações básicas de alimentação, postura, formas de expressão e sintomas de como detectar se a voz está indo bem. Após as instruções, os participantes fizeram exercícios de relaxamento vocal, aquecimento e desaquecimento, assim como a degustação de frutas importantes para a conservação da voz. De acordo com Roberta Menezes, é de suma importância a população ter cuidados com a voz, principalmente aqueles que trabalham com ela, como é o caso dos professores.

 “É muito importante ter alguns cuidados básicos como: hidratar as cordas vocais, bebendo muito líquido, dois litros de água por dia pelo menos, ter uma alimentação saudável, principalmente antes de entrar em sala de aula, e repouso vocal nos intervalos dessas aulas”, orienta. Roberta ainda defende o consumo de frutas para poder ajudar na lubrificação e articulação da boca.

“A maçã, por exemplo, tem tanto a propriedade adstringente, que facilita na limpeza do trato vocal, como também trabalha a articulação que vai mexendo com toda região maxilar, além de lubrificar as cordas vocais”, continua. “É importante também evitar alimentos derivados do leite, aquele cafezinho entre uma aula e outra e refrigerantes. Porque no caso do leite a saliva fica mais grossa, no do café causa um ressecamento vocal e do refrigerante é por conta dos gases”, finaliza.

 A professora de Ciências, Simone Lira, achou muito importante participar da palestra e receber dicas de como cuidar da voz. “Foi muito interessante receber essas orientações da fonoaudióloga. Antigamente, eu não tinha o hábito de fazer aquecimento antes de começar a aula, mas a partir de agora vou começar a criar. Seria muito importante que todos os professores recebessem essas orientações, pois iria ajuda-los bastante na hora de dar as aulas”, considera.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget