Programa Ganhe o Mundo embarca primeiro grupo de estudantes para a Colômbia.

   A realização de um sonho, muitas vezes, custa caro. Aprender um novo idioma requer muita determinação. Fazer um intercâmbio nem sempre é possível. Mas, para os estudantes da Rede Estadual de Ensino a realidade é diferente. Na tarde desta sexta-feira (2), 24 estudantes embarcaram para a Colômbia em busca de aprimorar seus conhecimentos e aprender mais sobre a língua espanhola.

 Por meio do Programa Ganhe o Mundo, do Governo do Estado, os selecionados terão a oportunidade de cursar um semestre letivo em escola High School. A inclusão do país anunciada no ano passado deu a oportunidade aos estudantes de escolher mais um destino dentre os sete já participantes. Além da viagem, os estudantes recebem seguro saúde internacional, acomodação em casa de família (host Family) com todas as refeições garantidas, além de uma bolsa mensal paga pelo Governo do Estado.

Todos os estudantes embarcados pelo programa também recebem malas de viagem doadas pela Companhia Pernambucana de Gás – Copergás, uma das parceiras do Programa. No Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre a emoção tomou conta na hora da despedida. Todos se abraçavam. Parentes e amigos não conseguiam conter as lágrimas. “A gente sente saudade, mas a família entende que é o melhor para o nosso futuro. Eu estudei muito para a prova e quando o resultado saiu, eu nem acreditei.

 Só agora que a ficha caiu. Fazer esse intercâmbio vai ser muito importante porque me coloca na frente de muitas pessoas, pois será um diferencial”, expressa o estudante Mário Arruda Júnior, da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Doutor Sebastião de Vasconcelos Galvão, localizada no município de Limoeiro, Agreste de Pernambuco. A estudante Beatriz Gomes Cavalcanti, da Escola Técnica Estadual (ETE) Antônio Arruda de Farias, localizada no município de Surubim, estava muito feliz com a chance de poder estudar em outro país.

 “No começo do curso eu estava tímida, mas no decorrer das aulas eu fui percebendo que a língua espanhola é muito interessante. Vai ser bom fazer esse intercâmbio porque vai ser um diferencial no mercado de trabalho e você se sente muito mais preparado porque é uma experiência única. Como pretendo se professora de português ou espanhol isso vai me ajudar muito”, relata.

 O secretário de Educação do Estado, Fred Amancio, esteve no embarque e disse que a inclusão da Colômbia na grade de países participantes do PGM só fortalece o projeto e amplia o interesse dos estudantes em participar do intercâmbio. “Estamos trabalhando cada vez mais para ampliar a nossa oferta de países para poder atender mais estudantes. O PGM é muito importante para a Rede, não apenas pela oportunidade do conhecimento da língua, mas também pela experiência de estudar em outro país e viver outra cultura.

E com certeza agrega não só para a vida profissional deles, mas também para a vida pessoal. O PGM acaba contribuindo muito mais porque quando eles voltam, influenciam os amigos, a família e a comunidade. Então, o impacto é bem maior”, relata.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget