Gestão estratégica colhe dados com promotores que atuam no Agreste.

  Com o intuito de inserir o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) na era digital e planejar as ações que vão impactar na sociedade pernambucana, ocorreu nesta quarta-feira (21) a segunda Oficina Regional da Gestão Estratégica, no espaço Armazém da Criatividade, em Caruaru. No encontro, promotores de Justiça que atuam nas Circunscrições Ministeriais sediadas em Caruaru, Garanhuns e Arcoverde debateram e arquitetaram as medidas para montar o Planejamento Estratégico do MPPE para o período de 2018 a 2023.

 O procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, pontuou que repensar o modelo de gestão e atendimento é essencial para que o Ministério Público se mantenha em seu papel social de servir ao cidadão. “Não adianta criar teorias e deixar de entregar resultados. Estamos aqui reunidos para definir aonde queremos chegar”, frisou.

 O promotor de Justiça Antônio Fernandes, integrante do Núcleo de Apoio da Gestão Estratégica, deu uma introdução sobre a iniciativa do MPLabs, na qual membros e servidores estão sendo capacitados a entender e se valer de técnicas e ferramentas para incluir o MPPE na sociedade digital. “Precisamos nos inserir na era digital para facilitar e entregar um serviço melhor à população, que cada vez mais utiliza de meios virtuais para interagir com os demais segmentos da sociedade”, comentou.

 Os promotores presentes também assistiram a apresentações de como as novidades tecnológicas podem ajudar no entendimento e resolução dos problemas de acordo com as demandas sociais. Em seguida, todos forma convidados a participarem de oficinas, nas quais traçaram, em grupos, as ações que consideram prioritárias para o MPPE no ciclo 2013 a 2018, de acordo com as necessidades de suas regiões, que serão computadas pela equipe da Gestão Estratégica.

 Após o almoço, houve a apresentação dos resultados consolidados. A lista de demandas computadas como de maior prioridade inclui os seguintes objetivos estratégicos: assegurar o respeito aos direitos da criança e do adolescente; assegurar o direito à saúde, combater a criminalidade; e defender o patrimônio público.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget