Fiscais da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) apreenderam, no dia (21/03), 30 caixas de brócolis no estabelecimento comercial Doce Mel.

  Os 186 kg do produto estavam contaminados com agrotóxicos não autorizados para a cultura e vinham do Estado de Minas Gerais para serem comercializados em Pernambuco. A apreensão aconteceu devido a um convênio que existe entre a Adagro e o Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa), órgãos vinculados a secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, onde mensalmente são coletadas 20 amostras de produtos hortifrutigranjeiros para analisar se existe a presença de resíduos de agrotóxicos nos produtos comercializados no Centro.

“Esse trabalho existe desde 2008 e permite que a população consuma produtos que são fiscalizados quanto ao uso excessivo ou indevido de agrotóxicos, alguns fornecedores já foram inclusive proibidos de vender seus produtos no Ceasa”, explicou o Gerente da Unidade Estadual de Inspeção Vegetal, Silvio Varejão.

 Na coleta de março o laudo laboratorial identificou o resultado insatisfatório para o brócolis, resultando na apreensão do produto. O dono do estabelecimento também está impedido de adquirir produtos desse fornecedor mineiro, até que novas análises indiquem que seus produtos estejam dentro das exigências legais, isto é, sem resíduos de agrotóxicos.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget