Escolas da Rede Estadual comemoram o Dia Nacional do Livro Didático.

  Nesta terça-feira (27), escolas da Rede Pública Estadual realizaram atividades em comemoração ao Dia Nacional do Livro Didático. O evento teve o objetivo de oferecer aos estudantes uma experiência didática através de atividades pedagógicas em sala de aula, visando incentivar a leitura, despertar para a importância do livro didático e sua conservação. A Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Cardeal Dom Jaime Câmara, localizada no município de Moreno, Região Metropolitana do Recife (RMR), realizou o primeiro Intervalo Literário 2018. Na ocasião, houve exposição de livros antigos em bom estado de conservação para mostrar aos estudantes a importância da preservação do material didático.

 Além disso, os estudantes fizeram encenação, apresentação de slides com curiosidades e um momento musical, no qual fizeram uma paródia da música “Trem-bala”, da cantora Ana Vilela. Bibliotecária há 22 anos, Edilma Lima conta que é um desafio exercer a profissão hoje em dia, diante da dinâmica era digital.

 “Ao longo desses anos percebi que o perfil da biblioteca mudou. Antes eles procuravam a biblioteca para fazer pesquisas, hoje nem tanto, eles frequentam mais para ler. Então, tive a ideia de criar o Intervalo Literário a fim de levá-los para dentro da biblioteca para que ela não se torne um ambiente ultrapassado”, disse. Já na EREM João Bezerra, localizada em Brasília Teimosa, os estudantes comemoraram o Dia Nacional do Livro Didático participando de aulas de preservação dos livros.

 No entanto, os estudantes tiveram a oportunidade de apresentar uma peça teatral com o tema central “O livro didático é o nosso amigo: cuide bem dele”. Os estudantes dos 3ºs anos elaboraram uma redação individual sobre o tema e os estudantes dos 1°s e 2ºs anos preparam cartazes. “Um evento como esse é muito importante porque nos estimula a conhecer mais os livros e também a preservá-los.

O livro que é um objeto tão importante para nós e por que não cuidar deles? Por que não zelar daquilo que é nosso? É lamentável ver que pessoas não cuidam bem dos seus livros sabendo que é uma fonte inesgotável de conhecimento, e infelizmente tem muitos que não dão a mínima importância”, expressa o estudante do 3º ano, da EREM Cardeal Dom Jaime Câmara, Sávio José.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget