Último grupo da temporada da Nova Zelândia embarca nesta terça (30).

Vinte e quatro estudantes irão se juntar aos 160 que já estão no país pelo PGM.


 Com o cartão de embarque em mãos, 24 estudantes seguiram para Nova Zelândia na manhã desta terça-feira (30) por meio do Programa Ganhe o Mundo (PGM). Eles fecharam uma sequência de embarques que levou o total de 184 estudantes aprovados no Programa para o país durante essa semana. Através do PGM os estudantes terão a chance de estudar por um semestre letivo no país da Oceania, onde poderão, além de aprender um novo idioma, explorar novos costumes e enriquecer o seu repertório cultural.

 No Aeroporto Internacional do Recife, o secretário estadual de Educação, Fred Amancio, acompanhou o grupo, e o clima foi de muita emoção entre os familiares dos intercambistas. Animado, Fred falou sobre o primeiro embarque para a Alemanha, o novo destino do PGM em 2018. “Neste fim de semana vamos enviar a primeira turma de intercambistas para a Alemanha, o que é uma alegria muito grande pra Secretaria.

É uma nova fronteira, uma nova língua que passa a ser ofertada além do inglês e espanhol”, contou. Com um sorriso largo no rosto, José Guilherme, de 16 anos, se despedia da mãe, avó e irmã no aeroporto. “Conheci o PGM através de amigos que fizeram o curso de segunda língua e tiveram a chance de fazer também o intercâmbio. Então eu fui incentivado por todos a participar do Programa e vi que seria uma experiência muito boa para mim.

 Também fui apoiado pela minha família desde o momento que eu comentei sobre o meu desejo de viajar e estudar fora do país”, contou o jovem que mora em Lagoa do Ouro, município que faz divisa com Alagoas. “Eu espero voltar para casa com muitas histórias, novas amizades e vínculos criados com os amigos e família que vou criar na Nova Zelândia. Sou muito grato por todos que me ajudaram com palavras de incentivo ou qualquer outro tipo de apoio, pois sei o quanto esse intercâmbio foi desejado”, agradeceu. Adilza Monteiro, avó de José Guilherme, foi dar o último abraço no neto antes do embarque.

“A família fica com o coração apertadinho, mas sabe que é para o crescimento dele e tem que apoiar em tudo mesmo. Participei de todas as etapas e sempre incentivei, sei que a ausência dele é por um bom motivo”, contou. Gian Victor, 17 anos, criou o canal “Cabelo de fogo pelo mundo” no Youtube com o objetivo de mostrar aos amigos que ficaram no Brasil um pouco do que ele vai viver durante esse período.

“Assim que entrei no PGM eu tive a ideia e quando fui selecionado para o intercâmbio coloquei em prática, vai ser uma forma de ter eles por perto também”, comentou o jovem que estuda na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) João Batista de Vasconcelos, em Chã Grande.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget