MPF em Goiana (PE) quer adequação de transporte escolar no município.

  Recomendação foi expedida no âmbito de inquérito civil instaurado para apurar irregularidades na execução do PNATE

O Ministério Público Federal (MPF) em Goiana (PE) expediu recomendação à prefeitura do município, na zona da mata pernambucana, para sanar irregularidades detectadas na aplicação de recursos federais provenientes do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE).

A recomendação foi expedida no âmbito de inquérito civil instaurado para apurar irregularidades na execução do PNATE, apontadas pela Controladoria-Geral da União (CGU).

O MPF recomenda que a Prefeitura de Goiana submeta todos os veículos usados no serviço de transporte escolar a inspeção semestral para verificação dos equipamentos obrigatórios e de segurança pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran/PE). Requer, ainda, que elabore orçamento de referência das licitações para o serviço, bem como que não prorrogue contratos sem a realização de pesquisa de mercado. O prazo para adequação fixado pelo MPF foi de 180 dias.

Caso o município não acate a recomendação, o MPF poderá adotar as medidas administrativas e judiciais cabíveis.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget