Caruaru e região reagem aos índices de violência.

   Polícia Militar apresenta números que mostram redução de homicídios e assaltos na AIS-14.

Com dados expressivos de redução de homicídios e assaltos em Caruaru e toda a Área Integrada de Segurança 14 (AIS-14), que corresponde a Capital do Agreste e outros 14 municípios, a Polícia Militar reuniu representantes da imprensa no Quartel do Comando Geral, no Derby, nesta terça-feira (06/02).  Foram apresentados números e detalhes da atuação integrada do 4º BPM, responsável pelo policiamento ordinário da região, e do Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), criado no final do ano passado para dar apoio ao trabalho do Batalhão.

A queda nos números da violência começaram desde outubro, quando os primeiros policiais do BIEsp chegaram a Caruaru, mas foi em janeiro que essa realidade ficou mais acentuada. No comparativo com o mesmo mês do ano passado, a AIS-14 registrou uma queda de 56% no número de homicídios (foram 43 em 2017, contra 19 de agora) e redução de 45% no volume de assaltos (foram 980 contra 533). A mesma realidade se repete quando apenas Caruaru é avaliada: redução de  50% nos homicídios (20 contra 10) e de 44% nos assaltos (652x363).

Para o tenente-coronel Tibério Santos, comandante do 4º BPM, a PM acertou ao criar um batalhão reunindo unidades especializadas para dar apoio ao serviço ordinário. “Esse trabalho integrado tem dado muito certo. Com a chegada do BIEsp, passamos a ter pernas para um trabalho ordinário mais efetivo não apenas em Caruaru, mas em toda a AIS-14”, disse o oficial, lembrando que os 15 municípios da  Área Integrada reúnem cerca de 700 mil habitantes, que passaram a contar com um outro nível de segurança pública.

O tenente-coronel Antônio Menezes, comandante do BIEsp, destacou a importância do planejamento casado entre os dois batalhões. “O 4º BPM identifica bolsões onde há uma situação mais crítica e solicita o nosso apoio. Esse trabalho com base em estatísticas nos permite dar um suporte mais direcionado e eficiente”, disse.

Na entrevista coletiva, que contou também com a presença do diretor da Diretoria Integrada Metropolitana (DINTER 1), coronel Alexandre Menezes, foram apresentados também os números da produtividade do 4º BPM e do BIEsp, nos meses de dezembro/2017 e janeiro/2018: foram 69 armas apreendidas, 171 veículos recuperados, 161 pontos de venda de drogas debelados, 29,95kg de drogas apreendidos e 152 encaminhamentos para o sistema prisional.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget