Albérisson Carlos, presidente da ACS/PE, repudia postura do despreparado e desinformado Dep. Aluísio Lessa.

   Em entrevista concedida à Rádio CBN Recife, nesta quinta-feira (15), o Deputado Estadual, Aluísio Lessa (PSB), por falta de preparo e conhecimento, desrespeitou a Constituição Federal (em seu art. 5º, XVII e XVIII) quando atacou dirigentes e Associações Militares de Pernambuco, chamado-as de "Entidades Clandestinas".

A choradeira do parlamentar, se dá  justamente pelo fato do Estado não poder calar "A Voz da Tropa": o presidente da ACS-PE, Albérisson Carlos, que vem denunciando os problemas da corporação e rebatendo informações do Governo quanto aos índices de criminalidade no Estado.

"Gostaria que o Deputado Aloísio Lessa também pudesse negar que a média diária de crimes em 2018 segue idêntica a de 2017 (quando atingimos, assustadoramente, a marca de 15 mortes por dia); assim como, queria saber se o cidadão Pernambucano vive atualmente em clima paz ou de insegurança." Questionou Albérisson.

Um dos insatisfeitos com a decisão do Ministério Publico de Pernambuco - MPPE, que reafirmou a legalidade das Associações e reconheceu a legitimidade de Albérisson Carlos (que luta por dias melhores para os Policiais e Bombeiros Militares), o Deputado Governista buscou omitir e maquiar informações para enganar a população, mudando inclusive, o foco da entrevista, tentando descredibilizar a liderança de Albérisson.

"Inclusive, a promotoria que me acusou, a pedido do Estado, reconheceu que nossa luta à frente da ACS-PE é justa, legal e correta, pois estamos exercendo nosso papel constitucional", lembrou Albérisson Carlos que foi excluído da PM e preso quando realizava um movimento pacífico e ordeiro na praça do Derby, no último dia 9 de dezembro de 2016  (buscando valorização profissional para a Tropa).

Leigo em Segurança Pública, o deputado informou que o valor das diárias do carnaval serão pagas após o período da prestação do serviço. "Onde foi que já se viu uma pessoa pagar para trabalhar? O policial tem que tirar do próprio bolso para se manter longe de casa? Mais isso é típico do despreparo do Governo que todos os dias rasga a CF e se sobrepõe as Leis de Pernambuco. Infelizmente, o nobre deputado não sabe o que diz, pois existe uma Lei Estadual (Lei 10.426, Art. 39) que regulamenta o recebimento antecipado das diárias para PMs e BMs que são deslocados de suas áreas de origem (ex: efetivo do Interior que reforçou o policiamento no  Carnaval do Recife)" explicou.

Completando as pérolas da entrevista, o deputado voltou a mentir quando falou que os movimentos reivindicatórios da PM/BM tinham como objetivo a greve. "Outra falácia do Aluísio, pois nossos movimentos foram pautados na legalidade, e, em momento algum pedimos greve. Ele prefere confundir a sociedade, disseminando mentiras, ao invés de fazer seu papel que é trazer para ao povo de Pernambuco, projetos que trazem benefícios à coletividade.", Exclamou Albérisson, que concluiu:

"A Segurança Pública no Estado de Pernambuco está tão falida que o Governo não consegue controlar a violência; sua intransigência é tão grande que eles preferiram retirar as Associações da Mesa de Negociação ao invés de ouvir a tropa e encontrar caminhos para resolver o caos na segurança: no fim, quem paga a conta é o povo."

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget