Secretaria de Educação realiza serviços de manutenção nas escolas.

Neste ano, R$29 milhões serão investidos na melhoria da infraestrutura das unidades de ensino.


 Em busca de um melhor desempenho, bem como visando maior comodidade para os estudantes, a Secretaria de Educação do Estado (SEE) desempenha neste período de férias vários serviços na melhoria do ensino público. Entretanto, para promover o bem-estar e um melhor rendimento dos alunos do ensino base, a pasta investe fortemente para a melhoria da estrutura escolar. No entanto, 100 escolas das 16 Gerências Regionais de Educação (GREs) estão recebendo intervenções de manutenção, o que significa um investimento de R$ 29 milhões na infraestrutura das unidades de ensino.

 Adequação de cozinha, revisão de cobertas e banheiros, assentamento de cerâmica, manutenção de instalação elétrica, hidráulica e de esgoto, serviço de pintura, instalação de ar condicionado, laboratórios de informática, quadra poliesportiva e outros serviços estão sendo realizados nas instituições. A Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Poeta Mauro Mota, localizada em Jaboatão dos Guararapes, foi uma das unidades que receberam a equipe de obras para a execução de alguns reparos em suas instalações. Para a gestora da escola, Andréa Cássia, a organização e o ambiente limpo ajudam de maneira positiva na qualidade do ensino dos estudantes. “Há uma melhor concentração. Os estudantes focam mais e obviamente interfere nos resultados e no aprendizado deles. Quando eles encontram a escola pintada, por exemplo, se sentem até constrangidos de pichar as paredes.

Aqui nós temos um projeto de protagonismo, a gente faz com que eles se sintam os donos da escola, e com isso, temos visto resultados animadores”, afirmou. Outras escolas que passaram por manutenção foram: a Escola Bernardo Vieira, em Jaboatão dos Guararapes, que recebeu pintura nova; a Escola Vila João de Deus, também em Jaboatão dos Guararapes, que teve sua biblioteca reativada; a Escola Estadual Francisco de Paula Corrêa de Araújo, em Camaragibe, que também recebeu pintura nova; a EREM Alberto de Morais Pradines, na Ilha de Itamaracá, que teve a instalação de cerâmica, quadra coberta, pintura e adequação de cozinha; a EREM Sizenando Silveira, em Santo Amaro, que recebeu pintura e iluminação nova; e a EREM professor Fernando Mota, em Setúbal, que teve sua pintura renovada e a instalação hidráulica revisada. De acordo com o secretário executivo de Gestão e Rede, João Charamba, este período do ano é o momento que mais se faz manutenção nas escolas. “Um dos pilares dessa alavancagem do resultado tem a ver com a infraestrutura. São dois pontos essenciais que nós prezamos.

Os nossos alunos precisam se sentir confortáveis, para que possam ter um bom aprendizado, e o professor também precisa estar confortável, pois ele é o agente desse aprendizado”, expressou.

 Ainda sobre infraestrutura, o secretário esclareceu como a pasta tem tomado medidas para que os estudantes possam se sentir seguros dentro da sala de aula: “Uma das nossas premissas de manutenção é a segurança. Uma das coisas que preconizamos agora foi a avaliação de todas as nossas cobertas. Estamos fazendo avaliações de risco mais criteriosa dentro das nossas escolas, em algumas situações retirando até o próprio forro para permitir uma condição de análise e visibilidade melhor do telhado”, pontuou.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget