Promotoria de Justiça do MPPE em Catende vai funcionar em casarão histórico.

  Símbolo da imponência da cultura da cana-de-açúcar na Zona da Mata Sul, o antigo casarão que pertenceu à família Costa Azevedo, fundadora da Usina Catende, passará a servir como abrigo da cidadania.

Na manhã desta terça-feira (23), em cerimônia ocorrida no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), na Praça da República, no bairro de Santo Antônio, região central do Recife, o prefeito de Catende, Jozibias Cavalcanti, entregou a chave do imóvel ao procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, para sacramentar um pleito de muito tempo: é na antiga residência dos proprietários da usina que vai funcionar a Promotoria de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) no município.

Construído em 1880, o imóvel já foi vistoriado e avaliado pela Gerência Ministerial de Arquitetura e Engenharia e, de acordo com o procurador-geral de Justiça, a perspectiva é de que estudos sejam realizados para que a sede do MPPE em Catende seja transferida ainda neste primeiro semestre. “Vamos dar todo o apoio para que tenhamos essa mudança o mais rápido possível”, disse Francisco Dirceu Barros, repassando simbolicamente a chave do casarão para o promotor de Justiça Rômulo França.

O MPPE ficará dentro de um complexo denominado Polo Jurídico de Catende, cuja área foi doada durante a cerimônia pela Prefeitura Municipal de Catende ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Além do Ministério Público, funcionarão no terreno o Fórum e a sede da Justiça do Trabalho. O procurador-geral agradeceu ao prefeito Jozibias Cavalcanti e salientou o caráter de integração que o novo polo trará.

“Muitas vezes o MP e o Judiciário ficam distantes e isso traz prejuízo ao cidadão. No Polo Jurídico isso não vai acontecer”, reforçou Francisco Dirceu Barros, ainda aproveitando a ocasião para celebrar as parcerias com o TJPE. O trabalho em conjunto também foi salientado pelo presidente do TJPE, Leopoldo Raposo, que deixa o cargo no próximo dia 5, quando assumirá o atual vice-presidente, Adalberto Melo, também presente à cerimônia. “Sem essa parceria não teríamos conseguido tantos êxitos. Sabemos que no Polo Jurídico, com a extensão desse trabalho, os cidadãos terão seus direitos assegurados.”
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget