População de Belém do São Francisco convocada para discutir segurança e ordenamento nos eventos públicos.

  O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da Promotoria de Justiça de Belém do São Francisco, convida toda população para participar da Audiência Pública em 31 de janeiro. O encontro visa esclarecer e discutir o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado entre a prefeitura municipal e o MPPE para a adoção de medidas de segurança e ordenamento de festividade no município. Além disso, também será abordada a regularização dos salários dos servidores ativos e inativos do município.

A audiência será realizada das 8h30 às 13h no auditório da Faculdade de Ciências Humanas do Sertão do São Francisco (Facesf), localizado no Centro de Belém do São Francisco. Segundo o promotor Rodrigo Amorim da Silva Santos, o TAC celebrado entre o Ministério Público e a prefeitura de Belém do São Francisco serviu para propor adequações às festividades municipais no que diz respeito a medidas de segurança, de forma que os festejos não tragam danos nem à população e nem à cidade.

Este assunto será abordado devido ao uso de verbas municipais para realizações de festas, apesar de persistirem os atrasos no pagamento de salários dos funcionários municipais. Na audiência, os presentes também poderão discutir a negociação dos salários dos servidores ativos e inativos, referentes ao mês de dezembro de 2016, que se dará de forma parcelada, assim como, a regularização dos salários referente ao mês de dezembro de 2017, janeiro de 2018 e demais salários do corrente ano. Os interessados em manifestar suas opiniões durante a audiência devem se inscrever no local da audiência, antes do início da mesma.

 Cada pessoa cadastrada terá o tempo de cinco minutos para explanar seu ponto de vista. A mediação da audiência fica por responsabilidade do promotor de Justiça de Belém de São Francisco. Além da população, também foram convidados a prefeitura municipal de Belém do São Francisco, Câmara de Vereadores, Sindicato dos Professores da rede municipal de ensino, Defensoria Pública e o juiz de Direito da Comarca de Belém do São Francisco.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget