Por trás das cortinas: onde o show acontece.

   Quando se fala no Programa Ganhe o Mundo (PGM) é comum que surja na mente as imagens de estudantes viajando, estudando uma segunda língua, as reuniões de orientações e todo o processo que é realizado antes do embarque, propriamente dito. Mas nem só de glamour vive o PGM. Por trás da cortina é onde o “show” realmente acontece.

Uma equipe de 12 pessoas é responsável por todos os procedimentos no que se refere ao Programa. Esta é a última matéria da série especial em comemoração aos seis anos do Programa Ganhe o Mundo. Nela, você vai conhecer algumas histórias que ocorreram durante esse período e conhecer os bastidores do PGM. Cabe a essa equipe selecionar os candidatos ao intercâmbio internacional, averiguar documentação, acompanhar a realização das etapas pelos estudantes, dar as orientações necessárias para que não ocorra nenhum problema durante a estadia do estudante em outro país, acompanhar de perto os intercabistas no embarque, voo e primeira semana de intercâmbio no exterior, dentre outras tarefas.

De uma sala decorada com bandeiras de vários países e sob a orientação de Renata Serpa, superintendente do PGM, onze pessoas coordenam todas as operações: Ângela Melo, Daniella Nardon, Lyzandra Gonçalves, Fabíola Lucena, Rosaly Lago, Edson Lima, Marta Amorim, Jânia Milfont e Vitória Távora, Janayna Velozo e Leilane Bezerra. Há dois anos Renata Serpa é superintendente do Programa e para ela o PGM é muito mais do que curso e intercâmbio, é uma oportunidade de crescimento promovida para estudantes que não teriam essa chance fora do âmbito escolar. “Ver a realização dos alunos em conquistarem novas oportunidades me motiva a continuar, me inspira a seguir fazendo parte da vida deles”, contou. Durante um dos embarques que ela acompanhou, uma história inusitada aconteceu. “Eu estava numa cidade no Canadá, já havia entregue todos os intercambistas às suas famílias locais e fui procurar uma hospedagem para ficar. Já era tarde, eu estava cansada e acabei pegando um quarto no primeiro hotel que estava disponível. Estranhei um pouco quando me perguntaram se eu tinha certeza que queria ficar por ali, mas respondi que sim e passei a noite lá. Ao chegar no hotel eu tinha visto um restaurante e, como estava com fome, fui perguntar pelo horário de funcionamento.

A recepcionista me informou que só abriria no próximo verão”, contou Renata enquanto ria da lembrança. “Passei a primeira noite a base de alguns lanchinhos que havia guardado na bolsa e quando amanheceu fui procurar algum estabelecimento para comprar alimento. Passei duas noites no hotel, tudo lá era velho e tinha um jeito meio esquisito. Ao sair da cidade eu pesquisei sobre o hotel e descobri que ele era tido como um museu, que também tinha algumas histórias de assombrações”, afirmou. Daniella Nardon, gestora de intercâmbio, viveu outra situação inesperada. Durante o deslocamento de um grupo de intercambistas, Dani enfrentou uma espera de 12 horas numa escala para o Canadá. Ao chegar em Ontario, no país destino, precisavam pegar um outro avião para chegar à cidade na qual os estudantes ficariam hospedados durante um semestre letivo.

 Ao chegar no aeroporto, um atraso ocasionou mais uma espera de 12 horas. “Ao todo, foram mais de 24 horas de deslocamento do Brasil para o Canadá e durante esse trajeto os estudantes foram conversando e trocando experiências. No aeroporto eles passaram a treinar o inglês com os estrangeiros, acabaram chegando na casa da família adotiva bem familiarizados e isso foi ótimo.

 Eles estavam nervosos com a demora para chegar ao destino, mas as brincadeiras e a descontração deles eram tantas que aproveitaram aquele momento e transformaram numa experiência boa”, contou Daniella. Assim como Dani e Renata, todos que trabalham no Programa Ganhe o Mundo sempre têm uma história legal para contar e o motivo disso é que o programa lida com pessoas. Cada história contada aqui, na série especial em comemoração aos seis anos do PGM, reflete o trabalho, empenho e determinação de cada uma das duas partes: do estudante e da equipe do Programa.

Na última matéria da série especial do PGM, vamos contar um pouco dos bastidores de quem faz acontecer.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget