JOVENS SÃO INSERIDOS NO MERCADO DE TRABALHO POR MEIO DE PROGRAMAS DE APRENDIZAGEM.

  Tendo a profissionalização como uma das prioridades institucionais de caráter inclusivo, a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) contabiliza números positivos das parcerias firmadas tanto com entidades do poder público quanto com empresas privadas. Neste ano, 26 socioeducandos foram inseridos no mercado de trabalho por meio de articulações do Eixo Profissionalização da instituição, assim como por meio dos projetos Vida Aprendiz e o Novas Oportunidades, ambos criados no Governo Paulo Câmara e coordenados pela Secretaria de Desenvolvimento Social Criança e Juventude (SDSCJ).

 Além das empresas privadas, o Poder Judiciário tem sido um dos grandes parceiros na construção de uma sociedade mais inclusiva. A exemplo disso, foi lançado pela Vara Regional da Infância e Juventude da Comarca de Arcoverde o projeto “Aprendizagem Legal”. Mais avanços serão comemorados. Em Caruaru, a Funase vem se mobilizando, juntamente com a Vara da Infância e Juventude do município, na busca por novas parcerias.

 Neste sentido, já foram realizadas reuniões com representantes do empresariado, entre eles a FIEPE, a CDL, a ACIC e o SindLojas. Segundo a Diretora-Presidente da Funase, Nadja Alencar, este apoio é fundamental para que os jovens e adolescentes elaborem um novo projeto de vida, longe da vulnerabilidade. “Os adolescentes que chegam necessitam de oportunidades para que possam desenvolver todas as suas potencialidades e nós precisamos de duas coisas: prepará-los e contar com o apoio da sociedade para reintegrá-los ao convívio social”, enfatizou.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget