Adolescentes da Funase participam de amistoso na sede do Sport Club do Recife.

   Adolescentes da Funase participam de amistoso na sede do Sport Club do Recife Encerrando as atividades esportivas deste ano, 11 adolescentes do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Vitória de Santo Antão participaram de um amistoso de futsal, jogando contra o time do Serviço de Convivência e Fortalecimento de vínculos (SCFV) da Prefeitura do Recife. A partida aconteceu em uma das quadras da sede do Sport Club do Recife, na Ilha do Retiro, e os adolescentes aproveitaram para conhecer os espaços do clube.

 O momento iniciou com uma interação entre os times. Em quadra, o Case Vitória saiu triunfante, ganhando com facilidade pelo placar de cinco a um. O socioeducando M.C., de 16 anos, foi um dos artilheiros da partida, com dois gols marcados, e achou o dia muito divertido. “Foi bom, é sempre bom sair do Case, se divertir, e ainda mais em um lugar que eu nunca tinha ido. Da próxima vez, com certeza, eu vou fazer mais gols”, brinca. Os socioeducandos também tiveram a chance de conhecer outros ambientes da sede do clube, como o espaço do torcedor, o campo da Ilha do Retiro, as arquibancadas e a sala de troféus.

“Para todos nós, foi excelente. Os meninos tiveram a oportunidade de conhecer a estrutura de um clube grande de futebol, e isso contribui muito para a auto-estima positiva deles”, conta o coordenador técnico do Case Vitória de Santo Antão, Valdir Peixoto. A prática e estimulo ao esporte são rotina no dia a dia dos adolescentes do Case Vitória de Santo Antão. Desde agosto eles recebem um professor de Educação Física, cedido pela Secretaria de Educação do Estado, que desenvolve uma série de atividades esportivas, como jogos de tabuleiro, jogos de mesa, atletismo, futsal e futebol de areia.

Também participaram pela primeira vez da Olimpíada Criança Cidadã, promovida pela Secretaria de Educação do Estado; da 1ª Copa Funase de Futsal , promovido pela instituição, outro jogo amistoso e um torneio de futebol de areia. Para o coordenador técnico do Case Vitória, a experiência em tais atividades tem despertado nos adolescentes a sensibilização para questões voltadas ao cuidado com a saúde, como os efeitos do uso de substâncias psicoativas no rendimento esportivo, a importância de uma boa alimentação e etc.

“Também permite que temáticas como o respeito a regras, uso indevido de violência e formas saudáveis de competição possam ser trabalhadas junto aos socioeducandos de forma mais significativa, ampliando os efeitos na vida dos mesmos”, destacou o coordenador técnico, Valdir Peixoto.


Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget