SEE promove V Conferência Estadual de Educação Escolar Indígena.

   O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Educação (SEE), promoveu, nos dias 06, 07 e 08, a V Conferência Estadual de Educação Escolar Indígena. O evento aconteceu no Hotel Canariu’s de Gravatá, no Agreste do Estado, e contou com a presença de 11 povos indígenas de Pernambuco. O objetivo do encontro foi consolidar as reivindicações dos povos para a melhoria da educação escolar indígena.

 Reconhecimento da categoria do professor indígena e a criação de um conselho normativo são algumas das reivindicações das etnias. Durante os três dias, os povos participaram de debates e diversos painéis sobre projeto político pedagógico, memórias das conferências anteriores, território etnicoeducacional e orçamento da educação escolar indígena.

 Ao final do evento, eles criaram um documento com um resumo das propostas e entregarão à Comissão de Professores Indígenas de Pernambuco (Copipe). Em seguida, o documento será enviado ao Governo do Estado para dar os encaminhamentos das demandas. Participaram do evento representantes do Conselho Estadual de Educação do Amazonas, Conselho Estadual de Educação de Pernambuco, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

 “Pernambuco é o único Estado brasileiro que atende 100% todas as modalidades de educação indígena. E um evento como este é muito importante para os indígenas, porque é daqui que sai os alinhamentos das ações da Secretaria, e para nós, porque estamos atendendo reivindicações que existem há muito tempo”, detalhou Caetano Bezerra, superintendente de Política Educacional Indígena da SEE. Aline Tuxá, pajé do povo Tuxá, é professora da Rede e detalhou como os indígenas avaliaram a conferência.

“Eu identifico que esses três dias de reunião foram de fundamental importância para a melhoria da educação escolar indígena. Aqui foi onde a gente reuniu propostas vindas de encontros realizados em todos os povos. Esperamos que o Estado possa reconhecer as nossas necessidades. É muito bom pra gente ter esse diálogo e ser ouvido pelo Estado””, ressaltou.

Evento aconteceu em Gravatá, Agreste do Estado.


Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget