Projeto que traça perfil de jurados é desenvolvido em Petrolina.

  Uma iniciativa inovadora vem sendo desenvolvida na Sede de Promotorias de Justiça de Petrolina. Uma equipe, coordenada pelo promotor de Justiça Fernando Della Latta Camargo, tem feito um banco de dados traçando o perfil social dos jurados do município sertanejo para facilitar o reconhecimento deles através de informações como nome, profissão, sexo, idade, estado civil, número de julgamentos dos quais participou, formação escolar, religião, etc.

 “Colhemos os dados em fontes de informação abertas como redes sociais de internet. Por conseguinte, fica mais fácil a indicação e escolha do Conselho de Sentença de acordo com as peculiaridades do caso concreto”, informou Fernando Della Latta Camargo, titular da 4ª Promotoria de Justiça Criminal de Petrolina, com atribuição no Tribunal do Júri. Vinte e cinco perfis de jurados já foram levantados.

A perspectiva é que 160 perfis sejam traçados até o final de janeiro de 2018. No entanto, a implantação do projeto se dará ainda em dezembro de 2017. O projeto também prevê mais profundidade na coleta de informações e entendimento do Corpo de Sentença.

Ao final de cada julgamento, cada jurado receberá um questionário para responder sem se identificar. Nele, responderá perguntas como: “O fato de o acusado nunca ter sido processado criminalmente interfere na sua decisão?”.

 “As respostas serão encaminhadas ao Centro de Apoio às Promotorias de Justiça de Criminal (Caop Criminal) para a elaboração de gráficos estatísticos do perfil do grupo de jurados de Petrolina, sem a necessidade de identificação individual de cada um”, comentou Fernando Della Latta Camargo.

 O projeto é desenvolvido pelas estagiárias do MPPE em Petrolina, Anne Beatriz França e Mylena Carla Ramos, sob a supervisão do promotor de Justiça.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget