Governo lança o PE no Campus.

   Foi lançado na tarde desta segunda-feira (30) o Programa de Acesso ao Ensino Superior – PE no Campus, coordenado pela Secretaria de Educação do Estado. A solenidade de lançamento foi realizada na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Ginásio Pernambucano, localizado na Avenida Cruz Cabugá, no Recife.

O programa irá fortalecer ainda mais a educação pública de Pernambuco. Para isso, o programa irá atuar por meio de dois eixos principais: mobilizar os estudantes para que participem cada vez mais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e Sistema Seriado de Avaliação (SSA) e dar apoio financeiro aos estudantes de baixa renda da Rede Estadual de Ensino que forem aprovados em instituições públicas de ensino superior. Serão oferecidas mil bolsas para os estudantes que obtiverem as melhores notas no Enem e SSA, além de fortalecer o programa Bolsa de Incentivo Acadêmico (BIA), oferecido pela Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE). Para concorrer ao PE no Campus o candidato terá que ter estudado todo o Ensino Médio na Rede Pública Estadual e ter concluído, no máximo, há cinco anos; ser atendido pelo Bolsa Família ou ter renda familiar inferior a 2 salários mínimos, e ter residência fixa com distância igual ou superior a 50km da universidade.

Os inscritos no Enem 2017 já estão participando da primeira edição do PE no Campus. O secretário de Educação do Estado, Fred Amancio, fala sobre mais essa oportunidade. “O jovem não tinha ideia de como iria se manter longe de casa para frequentar a universidade, por isso o índice altíssimo de abandono registrado, principalmente no primeiro ano de graduação. Agora, eles terão uma bolsa no valor de até R$ 950 no primeiro ano e de R$ 400 no segundo ano do curso que optou cursar. Essa quantia vai ajudar nas despesas do curso, moradia, alimentação e passagem”, comentou. Paulo Câmara, governador do Estado, frisou os resultados importantes que Pernambuco vem alcançando na área.

“Ao longo de 10 anos conseguimos avançar muito na educação e hoje temos o melhor ensino médio do país. Nosso propósito é continuar avançando e elevar estes resultados. Mesmo com todas essas alegrias, os alunos ainda precisam de incentivo para se manter numa universidade longe de casa. Vocês, estudantes, terão o nosso apoio para fazer o Enem, passar numa universidade, começar o curso e continuar nele”, comentou.

“Com este programa você poderá se manter no curso até conseguir andar com as próprias pernas, ir buscar estágio, concurso ou até mesmo uma segunda graduação ou um mestrado”, encerrou Paulo Câmara. Doralice Feijó tem 17 anos e está terminando o Ensino Médio neste ano.

 Ela fará o Enem e conta que a iniciativa, além de ajudar financeiramente, incentiva os jovens a continuarem buscando. “Já vi alguns amigos desistirem de cursos por ser longe de casa ou não ter dinheiro para bancar as despesas. Agora dá pra se sentir mais seguro e ir atrás dos nossos sonhos”, contou a estudante da Escola Referência em Ensino Médio (EREM) Beberibe.

Ações do Programa foram apesentadas nesta segunda (30), na Erem Ginásio Pernambucano (unidade Cruz Cabugá).
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget