Governo do Estado forma novos mediadores comunitários de conflitos.

  Capacitar os moradores para atuarem como mediadores comunitários de conflitos em suas respectivas comunidades, contribuindo para a prevenção da violência e o fomento a cultura de paz. Com este objetivo, o Governo do Estado promove, a partir das 8h30 desta quarta-feira (22/11), mais um curso de formação em Mediação de Conflitos e Direitos Humanos, o segundo este ano. Desta vez, no bairro do Ibura, onde está implantando há cinco anos o espaço mais antigo, fruto de uma parceria com o Estado. Em agosto deste ano foram formados outros 40 mediadores para atuarem em oito novos núcleos implantados em parceria com quatro Organizações Não Governamentais (ONGs).

 “A ampliação da ação do eixo de prevenção social do Pacto Pela Vida é um dos focos do governador Paulo Câmara. Com essas parcerias, o Governo do Estado tem por objetivo estimular com que ONGs e associações de moradores abram esse núcleos comunitários para atuarem nas comunidades pacificando conflitos, beneficiando assim a própria população”, explica Eduardo Figueiredo, secretário executivo de Direitos Humanos.

 A formação será ministrada pela equipe técnica do programa Mediação de Conflitos, formada por psicóloga, assistente social e advogada. O programa é da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), executado através Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH). A formação vai contemplar cerca de 30 pessoas, entre moradores e lideranças comunitárias da região. Com duração de 40 horas/aula, a carga horária será distribuída entre parte teórica 24h (6 encontros, 4h cada ) e 16h para casos práticos (4 encontros, 4h cada).

 Ao final do curso, os novos mediadores comunitários estarão aptos a lidar e mediar situações como: conflitos de vizinhança, disputas de posse, propriedade de imóveis, questões de direito de família, como pensão alimentícia e reconhecimento de paternidade, e até problemas que envolvam a comunidade como esgoto a céu aberto, falta de água e falhas no horário do transporte público.

 O conteúdo programático prevê os seguintes temas: Direitos Humanos no contexto da Declaração Universal dos Direitos Humanos; Emoções: sua importância no processo de mediação de conflitos; Conceitos básicos da Inteligência Emocional; Trabalhando as reações emocionais frente ao processo de mediação; Diálogo e a escuta ativa como ferramenta da Mediação de Conflitos; Mediação de conflitos no contexto comunitário; Técnicas da Mediação; Parâmetros Legais da Mediação de Conflitos; Meios de resolução de conflitos extrajudiciais: mediação, conciliação, arbitragem e negociação; Rede Socioassistencial e de Garantias de Direitos.

 SERVIÇO:

 Curso de formação em Mediação de Conflitos e Direitos Humanos Data: Quarta-feira (22/11) Horário: 8h30 às 12h Local: Núcleo Comunitário do Ibura. Rua Soldado Virgílio, n° 92, Ibura de Cima - Recife.


Curso tem inicio nesta quarta (22/11), no Ibura, e contemplará 30 pessoas.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget