“FIM DO FARMÁCIA POPULAR É SENTENÇA DE MORTE PARA MILHARES”, DIZ HUMBERTO.

Após o governo de Michel Temer (PMDB) fechar cerca de 400 unidades do Farmácia Popular, com a promessa de manter a distribuição de medicamentos gratuitos em instituições privadas, o programa, agora, corre risco de acabar; governo estuda uma nova fórmula de calcular o preço dos medicamentos oferecidos pelo programa, com base no valor de atacado e nos custos de aquisição e distribuição dos produtos; representantes do setor farmacêutico e sanitaristas acreditam que as alterações devem inviabilizar o programa; projeto tem rede credenciada de 30 mil estabelecimentos que ofertam remédios de graça ou com até 90% de desconto.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget