DIRESP e BOPE detalham ação exitosa em Ipojuca.

  A Diretoria Integrada Especializada (DIRESP) da PMPE reuniu representantes da imprensa, na manhã de hoje, no Quartel do Comando Geral, Derby, para apresentar detalhes da Operação Comunidade Tranquila, ocorrida nesta terça-feira, que debelou uma quadrilha que estava assustando a comunidade de Ipojuca, na Região Metropolitana. Cercados pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE), suspeitos reagiram à prisão atirando contra o efetivo e, no revide, dois deles acabaram morrendo e dois ficaram feridos, sendo identificados como líderes do grupo. De dois a quatro homens ainda conseguiram escapar, e continuam sendo procurados numa região de difícil acesso em Camela, distrito da cidade.

O diretor da DIRESP, coronel João Bosco, detalhou aos jornalistas que a quadrilha em questão atuava em várias frentes, com prática de tráfico de drogas, assaltos, homicídios e até extorsão, realizando cobrança de “taxas” para funcionamento de pontos comerciais. “Infelizmente, o grupo não obedeceu à voz de prisão. Pelo contrário, partiu para o ataque contra os policiais, que foram obrigados a dar uma resposta à altura, e dois deles acabaram não resistindo, apesar de terem sido socorridos”, contou o oficial, lembrando que o BOPE está pronto para atuar em qualquer cidade do Estado, onde seu apoio se fizer necessário.

Para o major Câmara Júnior, comandante do BOPE, a operação só foi possível por causa de investigações que se desenvolveram por quase quatro meses. Por último, as rotas de fuga do grupo foram identificadas em um confronto ocorrido com o mesmo grupo na semana passada. “Sempre que notavam a chegada da polícia, eles corriam por uma área de difícil acesso, de charco, lama e matagal”, contou o oficial , explicando que ontem sua equipe se antecipou, fechando essas saídas. Um dos dois homens que estão sendo custodiados no Hospital Dom Helder Cãmara ainda conseguiu escapar do cerco, mas deixou um rastro de sangue em seu caminho, sendo capturado dentro de um guarda-roupas em um quarto numa casa próxima, que lhe deu abrigo.

O major lembrou que sua equipe continua no terreno para capturar os demais membros da quadrilha que ainda estão foragidos, e não são raras as manifestações de populares, agradecendo pelo trabalho e se mostrando aliviados pelo fato de a quadrilha ter sido debelada.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget