POLÍCIA FEDERAL COM APOIO OPERACIONAL DA RECEITA FEDERAL PRENDERAM PAULISTANA SUSPEITA DE TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS NO AEROPORTO INTERNACIONAL DOS GUARARAPES.

  A Polícia Federal em Pernambuco prendeu em flagrante, na noite de ontem, 17/10/2017, por volta das 22h, VIVIANE DA SILVA, brasileira, desempregada, solteira, 24 anos, natural de São Paulo/SP e residente no bairro Vila União – Zona Oeste-São Paulo/SP-(não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre.

A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais ao submeter algumas bagagens pelo aparelho de raios “x” da Receita Federal do Brasil, identificaram uma mala que continha em seu interior alguns objetos de formato estranho. Tal mala foi separada e a sua proprietária foi identificada e convidada a comparecer na sala da Polícia Federal onde após se submeter a uma entrevista prévia, começou a ficar nervosa e a se contradizer-se em algumas das suas respostas (sobre o valor das passagens aéreas e qual o motivo da sua viagem).  A ação teve seu desfecho final quando os policiais federais ao procederem a abertura de sua mala vieram a descobrir 03(três) invólucros do entorpecente em formato de cápsulas e retangular escondidos em caixas de brinquedos que ao passar pelo exame narcoteste resultou positivo para a droga denominada “haxixe” (resina da maconha). A droga totalizou um peso bruto de 1,3Kg (um quilo e trezentos) gramas. O Haxixe não é produzido no Brasil e pela forma de apresentação a droga é oriunda do oriente e norte da África.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido toda a droga encontrada o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais e levado para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuado pela prática do crime contido no artigo 33 e 40 inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de entorpecentes) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão.  Após a autuação, a presa realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, onde irá passar na tarde de hoje pela audiência de custódia e caso seja confirmada sua prisão preventiva será encaminhada para a Colônia Penal Feminina onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Além da droga também foram apreendidos cartão de embarque, passaporte, dois aparelhos celulares e quantia de R$ 932,00 reais e € 40 Euros.  Em conversa com os policiais a presa confirmou que recebeu a droga em Lisboa/Portugal para trazer para o Brasil, porém não disse quanto recebeu pelo transporte, quem lhe entregou a droga e a quem deveria repassá-la quando chegasse no Brasil, se reservando ao direito de permanecer em silêncio;

ESTATÍSTICAS DE APREENSÃO:
Esta é a 10ª apreensão de drogas neste ano de 2017 no Aeroporto dos Guararapes. Até agora foram realizadas 11 (onze) prisões (cinco homens e seis mulheres) e apreensão de 23,3Kg de cocaína, 43Kg de Skunk, 6,8Kg de Haxixe e 3Kg de metanfetamina.

Em 2016 foram realizadas 14 apreensões com 14 pessoas presas (9 homens e 5 mulheres) e apreensão de 26Kg de haxixe, 13.7Kg de cocaína, 6,1Kg de metanfetamina, 25,1Kg de Ecstasy (cerca de 75.800 (setenta e cinco mil e oitocentos comprimidos) e 56 aparelhos celulares Iphone7.  Em 2015 houve apenas uma apreensão de drogas no Aeroporto dos Guararapes-Gilberto Freyre com duas pessoas presas (2 mulheres) com 10,6Kg de cocaína.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget