Detentos do Presídio de Igarassu ganham Espaço Cultural.

   Os detentos do Presídio de Igarassu (PIG), ligado à Executiva de Ressocialização (Seres), vinculada à Justiça e Direitos Humanos, já contam com o Espaço Cultural. O local, todo reformado e adaptado para a realização de atividades de ressocialização, foi inaugurado nesta terça (03/10) com a presença de representantes do Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, da Caixa Econômica Federal e Seres. Na solenidade realizada no espaço ecumênico da unidade prisional, o secretário-executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues, iniciou sua fala reafirmando que acredita na ressocialização, como falou ao assumir a pasta do sistema prisional do Estado há um ano e meio.

 “Temos que fazer os parceiros acreditarem nesse trabalho e investirem na ressocialização e os reeducandos devem aproveitar todas as oportunidades oferecidas. Eu acredito em vocês”, reiterou Rodrigues. Após dois meses em reforma, com o auxílio da mão de obra de 11 detentos, o espaço, que fica no primeiro andar do PIG, ganhou cores vibrantes na pintura e papéis de parede, além de máquinas de costura, mobiliários, prateleiras com livros e bancadas que acomodam os 20 computadores doados pela Caixa, através da ONG Moradia e Cidadania (dos empregados da CEF). Sob coordenação de Maria das Graças, com o apoio de voluntários, cerca de 200 reeducandos terão acesso à biblioteca e às oficinas de corte e costura, música, línguas estrangeiras, informática, artes plásticas, xadrez, entre outras.

As atividades eram realizadas no espaço ecumênico. “Agradeço a oportunidade da gente dar mais um passo para nós mesmos e para nossa família”, disse o detento Linck Alberes, 25 anos, há 4 meses no PIG. Em pouco mais de um ano e meio, foram realizadas no PIG 24 oficinas onde participaram mais de 1.900 reeducandos. Já as palestras reuniram em torno de 1.800 apenados. Estiveram também na inauguração os juízes das Varas de Execuções Penais, Cícero Bitencourt e Roberto Bivar; o promotor Marcellus Ugiette; o defensor público Rodrigo Furtado; o superintendente de Negócios/Recife, Laércio Lemos e o gerente regional de Segurança, Saulo Pessoa, ambos da CEF; além do gerente do PIG, Charles Belarmino, e representantes da ONG Moradia e Cidadania e das secretarias de Saúde e Turismo de Itapissuma.
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget