Agentes da delegacia de polícia civil da cidade de Belo Jardim tira elemento de circulação acusados de vários arrombamento seguido de estupro.

  Na manhã de hoje, Policiais Civis lotados na 15ª DESEC - Belo Jardim e suas circunscrições, liderados pela Delegada Luciana Almeida e Delegado Especial Rômulo César, deram cumprimento ao Mandado de Prisão de Cosme José Farias da Silva, concluindo uma "Força Tarefa", a fim de prender o individuo, que estava aterrorizando a cidade de Belo Jardim praticando roubos a residências seguidos de Estupro.

Os casos chegaram ao conhecimento da Delegacia de Belo Jardim no mês de Junho do corrente ano, onde algumas vítimas registraram boletins de ocorrência de roubos seguidos de estupros (consumados e tentados), sendo que em todos os crimes o modus operandi e as características do criminoso eram os mesmos, tendo em alguns casos o estupro ter sido praticado com a presença dos maridos das vítimas. Diante do Fato, a Delegada Gestora montou uma força tarefa para apurar os crimes, colocando o Delegado Especial Rômulo Cesar à frente das investigações. Após o início das diligências policiais, foi realizado pelo IITB retrato falado do investigado, posteriormente identificado o Autor, como sendo a pessoa de "Cosme José Farias da Silva", que estava fugado do Presídio de Canhotinho. O Autor do crime praticou 06 (seis) estupros consumados seguidos de roubo, tendo 01 (um) ocorrido na ultima terça-feira no município de São Bento do Una, 02 (dois) estupros tentados seguido de roubos", 01 (um) roubo, além da suspeita de aproximadamente 30 (trinta) furtos qualificados (por arrombamento) de casas e estabelecimentos comerciais, já havendo a confirmação de 10 (dez) desses crimes, dos quais uma das vítimas do furto foi o estabelecimento comercial KUMON entre outros.
"Cosme José Farias da Silva" confessou a maioria dos crimes, como também foi reconhecido por diversas vítimas, além de ser submetido a colheita de material biológico para a realização de comparação de DNA com material colhido pelo IC em algumas das vítimas.
Importante ressaltar que o investigado provavelmente deve ter cometido crimes da mesma natureza em outras cidades, uma vez que este tinha residência estabelecida em Caruaru, São Bento e Belo Jardim.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget