Polícia Civil desencadeia mais uma operação no estado de Pernambuco, esta operação tem como foco prender elementos na prática de sonegação fiscal em várias cidades do Estado de Pernambuco entre elas uma no Sertão de Pernambuco.

Secretaria de Defesa Social, através da Polícia Civil desencadeia de Pernambuco, no âmbito do Pacto pela Vida, deflagrou, na manhã desta terça-feira (19/09), com o apoio da Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco-SEFAZ/PE, a Operação " DESTINOS CRUZADOS", sendo a 34ª Operação de Repressão Qualificada de 2017.

A investigação foi realizada pela Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária – DECCOT, sob a presidência de seu Delegado Titular, Germano Cunha Bezerra, contando com a assessoria do NI DECCOT e apoio da Diretoria de Inteligência-DINTEL, coordenados pela Diretoria Integrada Especializada – DIRESP e supervisionados pela Chefia de Polícia Civil.

A operação tem por objetivo desarticular uma associação criminosa voltada para a prática de ilícitos contra a ordem tributária, dentre os quais sonegação de impostos, ocultação de notas fiscais, emissão de notas fiscais em desacordo com a realidade, ocultação de mercadorias transportadas, desvio de destino de produtos comercializados, embaraço à Fiscalização Tributária abrindo e fechando constantemente empresas laranjas e praticando outros crimes, a exemplo do ilícito de corrupção ativa.

Estão sendo cumpridos 08 (oito) mandados de prisão preventiva, 05 (cinco) mandados de condução coercitiva, além de 17 (dezessete) mandados de busca e apreensão nas cidades de Jaboatão dos Guararapes/PE, Vitória de Santo Antão/PE, Pombos/PE, Bom Conselho/PE, Arcoverde/PE e Salgueiro/PE.

Cumpre informar que, dentro do escopo de atividades operacionais programadas pela SEFAZ, estão sendo realizadas diligências em mais 21 estabelecimentos comerciais, para verificação de regularidade cadastral e das mercadorias existentes em seu estoque; bem como apurar indícios de operações comerciais envolvendo empresas “laranjas” e “filtros”, simulações e utilização de créditos fiscais irregulares.

Na execução dos trabalhos operacionais, participam 100 (cem) Policiais Civis, entre Delegados, Agentes, Comissários e Escrivães, além de 74 (setenta e quatro) Auditores da Secretaria da Fazenda estadual, cabendo ainda destacar o emprego pela Diretoria Geral de Operações Estratégicas-DOE/SEFAZ de uma Central de Monitoramento Remoto, um Caminhão Baú para remoção de mercadorias apreendidas e 31 viaturas próprias.

Os presos e os materiais apreendidos serão encaminhados para a sede do Grupo de Operações Especiais - GOE, localizado na Rua Odete Monteiro, S/N - Cordeiro, Recife - PE, local onde será divulgado o balanço parcial da operação, às 7:00hs.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget