PGM embarca mais 34 estudantes para o Canadá.

Winnipeg e Toronto serão as novas casas dos intercambistas pelos próximos 5 meses.

  Para muitos jovens, o sonho de fazer um intercâmbio e estudar fora do seu país pode estar um pouco distante pelo momento de dificuldade financeira que o Brasil vem enfrentando. Mas, para alguns destes jovens, ou melhor, para os estudantes da Rede Pública Estadual de Pernambuco há um meio de realizar este sonho. Na manhã desta segunda-feira (04), 34 estudantes embarcaram para o Canadá por meio do Programa Ganhe o Mundo (PGM), onde irão estudar um semestre letivo na modalidade High School nas cidades de Winnipeg e Toronto. Nesta edição do PGM, 400 jovens irão sonhar ainda mais alto no Canadá. Bruna Rodrigues, 16 anos, é uma delas. A estudante mora em Petrolina com os pais e a irmã, estuda no Colégio da Polícia Militar e pensa em cursar Medicina.

“Conheci o programa através de uma amiga e, a princípio, não acreditei que eu poderia ter um intercâmbio custeado pelo Governo do Estado. Estudar fora do meu país sempre foi um sonho, mas não havia condições de custeá-lo”, conta a estudante. Mas, para alcançar este feito foi preciso um pequeno esforço da jovem. A rotina de estudos foi intensificada e ela precisou contar com o apoio dos pais e professores. “Meus pais me incentivaram desde quando me inscrevi no curso de línguas do PGM. Eles me conhecem, sabem do sonho que tenho e acreditaram na minha capacidade. Por causa das provas que fazemos, precisei intensificar os estudos e agora estou colhendo os resultados”, finaliza. A jovem está muito animada e pretende voltar coma bagagem cheia de boas lembranças, além do aprendizado. “O intercâmbio será uma experiência muito forte no meu currículo e eu pretendo explorar todas as oportunidades que irão aparecer no Canadá. Meu desejo é voltar fluente no inglês”, conta. De Águas Belas, no Agreste do Estado, Cícero César, de 16 anos, se preparou para o intercâmbio a partir das aulas que assistia na Escola João Rodrigues Cardoso. A escola não tem o ensino em tempo integral e ele acredita que isso contribuiu para que ele pudesse investir tempo e dedicação no preparo para o intercâmbio.

“Minha rotina de estudo é bem tranquila. Com o tempo livre que tenho eu consigo me organizar e dar atenção ao que gosto de fazer, tanto dentro quanto fora das questões acadêmicas”, finaliza. O estudante, que quer seguir carreira de professor, já sabe o que vai fazer quando desembarcar na América do Norte: se dedicar aos estudos e conhecer a cultura canadense. “Tenho a pretensão de buscar oportunidades de cursos no exterior, seria muito legal poder voltar para o Canadá após o intercâmbio e estudar numa universidade”, comenta Cícero. O Programa Ganhe o Mundo (PGM) - Criado em 2011, o PGM já beneficiou mais de 5,4 mil estudantes do ensino médio da rede estadual. Os selecionados têm todas as despesas pagas pelo Governo do Estado, desde passagem aérea, até hospedagem em casa de família, matrícula em escola de ensino médio, seguro de saúde, além de uma bolsa mensal no valor de R$ 719,00. O PGM já embarcou mais de cinco mil estudantes para países como Argentina, EUA, Espanha, Uruguai, Nova Zelândia, Chile, Canadá e Austrália.


Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget