Grupo de Trabalho sobre Feminicídio é instituído em Pernambuco.

A ação será coordenada pela Secretaria da Mulher.

   A partir de agora, Pernambuco conta com o Grupo de Trabalho Interinstitucional sobre Feminicídio (GTIF), que deve realizar estudos e debates com o objetivo de aumentar a investigação e o combate dos crimes letais contra mulheres. A determinação foi publicada na edição desta terça-feira (5) do Diário Oficial do Estado. De acordo com o decreto, assinado pelo governador Paulo Câmara, o grupo será composto por representantes das seguintes instituições: Secretaria da Mulher, Secretaria de Defesa Social, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria Estadual de Saúde, Tribunal de Justiça de Pernambuco, Ministério Público de Pernambuco e Defensoria Pública de Pernambuco.

  As indicações dos representantes serão realizadas pelos dirigentes das entidades. Segundo o texto, a ação visa facilitar a aplicação das diretrizes nacionais para investigar, processar e julgar os casos de feminicídio, auxiliando na atuação dos profissionais do Sistema de Segurança Pública e do Sistema de Justiça. A recomendação é que os estudos resultem na implementação de rotinas procedimentais. De acordo com a Secretaria da Mulher de Pernambuco, o estado registrou 69 casos de feminicídios de janeiro a agosto deste ano. No entanto, apenas a partir de agora esses números passarão a ser computados pela Secretaria de Defesa Social (SDS).
Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget