Plano de Arborização para Sairé concentra plantio para adensamento da mata ciliar do Rio Sirinhaém.

   A Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa contribuiu para o desenvolvimento da gestão municipal de áreas verdes de mais uma cidade do Estado. Sairé, localizada na região Agreste, recebeu o Plano de Arborização elaborado pela Compesa em parceria com a prefeitura do município. O plano prevê o plantio de cerca de 1,7 mil mudas de espécies arbóreas nativas concentrado, principalmente, às margens do Rio Sirinhaém - Área de Preservação Permanente (APP) - com a proposta de ajudar no adensamento da mata ciliar do manancial. A iniciativa da companhia ainda envolveu o trabalho de capacitação de 100 estudantes da rede pública de ensino para atuarem como viveiristas florestais.

 O Plano de Arborização é entregue aos municípios que recebem o Projeto Florestar Vai à Escola, uma linha de ação do Programa Florestar, um dos programas ambientais mais importantes da companhia. O diretor de Articulação e Meio Ambiente da Compesa, Aldo Santos, entregou o plano ao município, na última sexta-feira (18), durante o plantio simbólico de 100 mudas de espécies florestais nativas no Loteamento Luciano Andrade, local bem próximo à entrada da cidade. Caberá à Prefeitura de Sairé revisar anualmente o Plano de Arborização, que deve ser direcionado pelo Plano Diretor Municipal, além de gerenciar e prever o tempo de execução, contando com o apoio técnico da Compesa. Fora a APP do Rio Sirinhaém, algumas praças e ruas da cidade também receberão o plantio de mudas. A capacitação dos alunos foi realizada durante quatro dias, na semana passada, no auditório do EREM João Pessoa Souto Maior.

Os estudantes ainda conheceram o Viveiro Florestal Educador mantido pela Compesa, em Bonito, onde participaram de uma vivência prática para consolidar o conhecimento construído. "A cada edição do Florestar Vai à Escola percebemos a importância dessa parceria entre a Compesa e os municípios para promovermos a educação socioambiental e ampliarmos a arborização do nosso estado, contribuindo com a preservação do meio ambiente e dos nossos mananciais", informou Aldo Santos.

Programa Florestar Compesa.

 O Programa Florestar realizou, em 2016, duas edições do Florestar Vai à Escola, nos municípios de Arcoverde e Venturosa, na região do Sertão. Em 2017, o projeto chegou ao Agreste, nas cidades de Riacho das Almas e Sairé. Ao todo, já foram capacitados 400 alunos da rede pública de ensino, sendo 100 alunos por cidade, que estão aptos a atuar como viveiristas florestais, contribuindo com a implantação dos planos de arborização de suas cidades. Além do Florestar Vai à Escola, o Programa possui ainda os Projetos: Viveiros Educadores, Semeando Cidadania e Florestar Oficinas. A Compesa define os municípios que receberão as ações do Programa Florestar de acordo com alguns critérios como o percentual de arborização de vias públicas, a existência de obra de saneamento básico, a realização de trabalho técnico social no município contemplado, a existência de empreendimentos florestais, e o bioma local. Compesa apoia desenvolvimento da gestão ambiental do município e capacitou 100 alunos da rede pública de ensino como viveiristas.


Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget