Escola Estadual Frei Caneca dá início ao primeiro curso de libras descentralizado realizado pela GRE Metro Sul.

A iniciativa é uma parceria com a Secretaria de Educação do Estado, através da Gerência de Políticas Educacionais em Educação Inclusiva, Direitos Humanos e Cidadania (GEIDH).

  Inclusão, respeito e conhecimento. Foi assim que a Gerência Regional de Educação (GRE) Metro Sul deu início a Semana da Pessoa com Deficiência, lançando o primeiro curso de libras descentralizado. O curso é pioneiro no Estado e será ministrado pelos professores aprovados no último concurso. A cerimônia de lançamento do curso foi realizada na Escola Estadual Frei Caneca, localizada em Camaragibe, nesta segunda-feira (21).

  O curso será ministrado em dois anos, sendo seis meses para cada modulo: básico 1 e 2, intermediário e avançado. Além da Frei Caneca, também receberão o curso a Escola Estadual Bernardo Vieira, em Jaboatão, e a Escola Alzira da Fonseca Bruel, em Cajueiro Seco. “Cumprindo o Decreto de nº 5.626, que prevê que os estados ensinem língua de sinais, nossa regional visa atender as necessidades dos alunos com deficiência. Então, esse é o nosso principal objetivo, atender nossos estudantes de uma forma descentralizada, para que eles tenham uma formação em libras, assim como os professores, que também vão participar do curso”, fala Thiago Godinho Duranh, técnico em Educação Inclusiva da Metro Sul.

 Cada escola vai receber cinco turmas nos três turnos, contemplando 400 estudantes, além dos professores. No total, foram ofertadas 500 vagas. A escolha das escolas se deu a partir da constatação de um grande número de surdos na regional. A partir do término do primeiro módulo, o curso será expandido para atender a comunidade. “Fazendo um recorte histórico, nós somos um País que temos poucos lugares disponibilizando o curso de libras. Quando divulgamos a língua de sinais estamos promovendo a igualdade, estamos dando oportunidade, não só para os estudantes, como também para os professores, assim conseguimos ter muitos profissionais bilíngues.

Estou muito feliz em poder participar do início dessa grande conquista”, declara Rômulo Rocha, professor instrutor de libras. A Escola Estadual Frei Caneca também iniciou a semana com a nova sala de recursos, que compõem computadores, instrumentos para desenvolver a habilidade sensorial e jogos educativos. Para o gestor da GRE, José Amaro, o curso e a sala de recursos são conquistas necessárias para garantir o direito de todos os estudantes com deficiência. “É um curso de suma importância onde se propõem trabalhar cada vez mais a inclusão dos estudantes. Com a realização desse curso estamos cumprindo, enquanto agente governamental, o direito que eles têm. Estamos muito animados e a demanda para o curso está superando nossas expectativas”, diz o gestor.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget