DOIS PROFESSORES SÃO PRESOS EM RECIFE E OURICURI DENTRO DA OPERAÇÃO GLASSNOT DE COMBATE A PORNOGRAFIA INFANTIL NA INTERNET.

   EM PERNAMBUCO: Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão que resultou em prisão em flagrante de dois suspeitos em virtude de ter sido encontrado no computador dos respectivos proprietários, material pornográfico infantil (Ouricuri/PE e Alto do Mandú/PE) e contou com a participação efetiva de 08 (oito) policiais federais distribuídos em duas equipes!

OS PRESOS SÃO:

EM RECIFE: 01 (um) Professor, de 39 anos, (a identidade do preso não será divulgada em virtude do crime provocar revolta na população, levando algumas pessoas a querer fazer justiça com as próprias as mãos com atos de violência e hostilidades). O professor admitiu ter sido usuário do site russo onde acessava não só material pornográfico infantil como também outro tipo de pornografia. O material pornográfico-infantil foi encontrado em um pen drive, mas também foram apreendidos: 01(um) notebook, 02(dois) disco de armazenamento de dados e 01(um) aparelho celular que passarão por perícia telemática posteriormente, com o objetivo de identificar todos os arquivos armazenados. Após autuação em flagrante os suspeitos pagarão fiança no valor de 5 salários mínimos (R$ 4.685), fará exame de corpo de delito no IML e em seguida será liberado onde responderá ao processo em liberdade.  O preso não mantinha relação sexual e nem molestava crianças, o seu crime se deu pelo fato do armazenamento de conteúdo pornográfico infantil em seus aparelhos telemáticos!

EM OURICURI: 01 (um) Professor, de 35 anos, (a identidade do preso não será divulgada em virtude do crime provocar revolta na população, levando algumas pessoas a querer fazer justiça com as próprias as mãos com atos de violência e hostilidades). O material pornográfico-infantil foi encontrado em um disco rígido, mas também foram apreendidos mais 03 (três) discos de armazenamento de dados e 01(um) aparelho celular que passarão por perícia telemática posteriormente, com o objetivo de identificar todos os arquivos armazenados. Também foi encontrado na residência do suspeito uma identidade de uma criança falsificada. O flagrante ainda está em andamento e ainda será arbitrada o valor da fiança, caso seja paga, o suspeito fará exame de corpo de delito no IML e em seguida será liberado onde responderá ao processo em liberdade.  Caso contrário, será encaminhado para o presídio de Salgueiro/PE. Não ficou comprovado de o preso não mantinha relação sexual e nem molestava crianças, o seu crime se deu pelo fato do armazenamento de conteúdo pornográfico infantil em seus aparelhos telemáticos!

O crime que os professores foram indiciados pelo crime contido no Estatuto da Criança e do Adolescente (Artigo 241-B da Lei 8.069/90) por possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente (pena – reclusão, de 1 a 4 anos).  Agora caso seja comprovado que tais imagens e vídeos foram compartilhados a pena passa a ser de 3 a 6 anos de reclusão.

Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget