EREM Cardeal Dom Jaime Câmara realiza quarta edição da Mostra de Matemática.

A manhã desta quinta-feira (4) foi de muitos números e apresentações na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Cardeal Dom Jaime Câmara, localizada no município de Moreno, Região Metropolitana. É que foi realizada a quarta edição da Mostra de Matemática, evento que já está no calendário escolar da unidade de ensino e é uma forma de lembrar também o Dia da Matemática, comemorado no próximo dia 06. A escola fica aberta ao público durante todo o dia e, este ano, a mostra tem como tema “Matemática nas profissões”. O objetivo é apresentar os jovens às diversas áreas de conhecimento nas quais a disciplina pode ser aplicada.

Um dos coordenadores da atividade, o professor de matemática da escola Flávio Brito afirma que eventos como este fazem com que os estudantes se aproximem do conhecimento e interajam mais com a própria escola, além, claro, de aplicar o que é passado em aulas. “O formato do projeto deste ano foi pensado numa maneira de responder, de maneira lúdica, a questionamentos feitos pelos próprios alunos em sala de aula. Eles acham que a matemática, por se tratar de ciência exata, não pode ser aplicada nas áreas de humanas e saúde. Aqui eles desmitificaram isso”, comenta o professor. “Durante a fase de preparação para a mostra, muitos alunos já se identificaram com algumas áreas de conhecimento e através destes exemplos podemos perceber o empenho com que eles se entregam ao projeto”, arremata.

Eliana Pereira, 16 anos, é estudante de outra escola e foi à EREM Cardeal Dom Jaime Câmara na intenção de vivenciar uma nova forma de ver a matemática. “Minha escola não possui um projeto singular como este, então vim aqui para viver esta experiência. Estou encantada com pela forma que os estudantes trabalharam as informações estão repassando”, comenta Eliana.

O estudante Fábio Williams, de 15 anos, representou o matemático e escritor Júlio César de Mello e Souza, conhecido como Malba Tahan, autor de 103 obras didáticas e literárias, a exemplo do “O homem que calculava”, a obra mais conhecida. “Representar o ícone da matemática num evento de matemática é uma responsabilidade muito grande, mas os professores confiaram na minha capacidade e eu entrei no personagem. Durante a preparação aprendi muito e me ajudou, inclusive, a reconhecer pontos que eu me identifico na área que quero seguir”, confessa o estudante.

Para Carla Susana, gestora da EREM Cardeal Dom Jaime Câmara, o engajamento dos estudantes com os projetos trabalhados na escola melhora o desempenho dos alunos. “Observamos que o índice de aproveitamento nas aulas de matemática dos alunos aumentou desde a primeira edição desta mostra. Eles passam a ver a disciplina com outro olhar e isso repercute na sala de aula. Isso nos motiva a continuar”, afirma Susana.

Estudantes abordaram o uso da disciplina em todas as áreas do conhecimento.







Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget