Últimas Notícias

   Um suspeito de participar de um assalto foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no sábado (16), em Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

 A vítima do assalto, um comerciante que transportava jeans, foi resgatada e a mercadoria foi recuperada na ação. Os policiais receberam uma denúncia sobre um assalto a uma picape e realizaram buscas na região, até encontrar três suspeitos em uma estrada de terra.

Dois suspeitos atiraram contra a equipe e correram para o matagal. O terceiro integrante da quadrilha foi capturado e uma pistola calibre .380, com 15 munições, foi apreendida. No local, estava o comerciante que estava sendo mantido refém e a mercadoria que havia sido adquirida na feira da Sulanca.

A equipe ainda recuperou um carro de luxo clonado, que era utilizado pelo grupo e havia sido roubado há 10 dias, em Bezerros, também no Agreste. O suspeito informou que tem 15 anos de idade, mas não portava documentos. Ele foi encaminhado junto com a vítima à Delegacia de Polícia Civil de Caruaru, para a continuidade dos procedimentos legais.

   A Polícia Federal através de sua Delegacia em Salgueiro/PE e com apoio operacional da Secretaria de Defesa Social/PE vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano. Tais medidas fazem parte das estratégias adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília/DF, com o objetivo de reduzir a produção e oferta de maconha no sertão Pernambucano. A Operação Macambira II, contou com um efetivo de mais de 94 policiais entre federais e militares (Corpo de Bombeiros/PE). Os policias trabalharam com incursões terrestres, aéreas e fluviais e contou com o apoio de 01 (uma) aeronave do GTA-Grupo Tático Aéreo-da Secretaria de Defesa Social/PE, e 02 (duas) Aeronaves da CAOP-Coordenação de Aviação Operacional da Polícia Federal, além botes infláveis e ambulância do Corpo de Bombeiros.

Desta vez foi concluída a segunda operação de erradicação e destruição dos plantios de maconha no Sertão Pernambucano nos dias compreendidos de 04 a 15 junho/2018 -  dentro da “Operação Macambira II” onde conseguiu-se erradicar e destruir cerca de 265 mil pés de maconha, 126 plantios, 131 mil mudas da planta e apreender 198Kg (cento e noventa e oito) quilos de maconha pronta para o consumo. Os plantios foram localizados através de levantamentos feitos pela Polícia Federal em algumas ilhas dos Rio São Francisco e na Região de Orocó/PE, Cabrobó/PE, Belém do São Francisco/PE e Santa Maria da Boa Vista/PE, bem como em áreas de caatinga em Salgueiro/PE, Carnaubeira da Penha/PE, Serra Talhada/PE, Betânia/PE e Floresta/PE.

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e a consequente introdução no mercado consumidor (pontos de vendas de drogas). As constantes operações policiais de erradicação de maconha no sertão de Pernambuco, não tem dado tempo ao traficante daquela região em produzir a droga em seu pleno desenvolvimento, o que tem levado a importação da droga do Paraguai.  Isto também está demonstrado pelo aumento das apreensões feitas pela Polícia Federal de maconha vinda daquele país vizinho. *CASO OS 265 MIL PÉS DE MACONHA FOSSEM COLHIDOS E PRENSADOS DARIA PARA SE FAZER 88 TONELADAS DE MACONHA!* Assim com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, porque geralmente essas ocorrências giram em torno do tráfico de drogas. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.

  Goleiro, que é referência dentro e fora dos gramados, assinou contrato até dezembro de 2019 e continua fazendo história no Leão.

 Ele fica! Magrão estendeu seu vínculo com o Sport por mais um ano e continua vestindo a camisa rubro-negra até dezembro de 2019. Com o contrato prolongado, o maior ídolo do Leão da Praça da Bandeira seguirá por mais tempo fazendo história no Clube.

 Alessandro Beti Rosa está no Rubro-negro Pernambucano há 13 anos, com sua estreia sendo no dia 27 de maio de 2005. Já são 708 partidas pelo Maior do Nordeste, acumulando nove títulos: Copa do Brasil (2008); Copa do Nordeste (2014) e Campeonato Pernambucano (2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2014 e 2017).

 Aos 41 anos, Magrão Já defendeu 32 pênaltis e é referência dentro e fora dos gramados, sendo idolatrado pela torcida leonina. Atualmente, o Paredão é o capitão da equipe treinada por Claudinei Oliveira.

Camisa 1 acumula nove títulos e 32 pênaltis defendidos pelo Leão.

  A partir de dados repassados por populares à Central Disque Denúncia Agreste (3719-4545) uma equipe composta por policiais civis e militares, PMPE e PCPE/ DINTER1/GCOI1 /AIS14/MALHAS DA LEI, na data de ontem 15/06/2018, deu cumprimento ao mandado de prisão pela Primeira Vara Criminal da Comarca de Juazeiro do Norte-CE, em desfavor de HUDES DE MOURA ORTIZ, vulgo "Hudson ou Coroa" 48 anos.

 O denunciado foi encontrado em sua residência, situada no Sítio Hotel Residência, no município de Caruaru/PE, onde foi realizada a abordagem e consulta no BNMP / CNJ, e confirmado o Mandado de Prisão pelo crime de Homicídio Qualificado. Após realização de exame Traumatológico, o preso foi recolhido por esta Equipe à Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru-PE.

  O major da Polícia Militar de Pernambuco Jonas Sobral Moreno, gestor da Gerência de Análise Criminal e Estatística da Secretaria de Defesa Social, apresentou o programa Alerta Celular, referência no combate aos roubos e furtos de telefones, no 1º Seminário Nacional de Segurança Pública, que está acontecendo em Brasília.

 O evento reuniu quarta e quinta-feira (13 e 14/06) profissionais de segurança de todo o País e em sua abertura contou com a presença do presidente da República, Michel Temer, ministros e secretários de Estado. Pernambuco está representado no evento pelo secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, e pelo comandante geral da PMPE, coronel Vanildo Maranhão.

 Lançado em março de 2017, o Alerta Celular já conseguiu recuperar mais de 2.500 aparelhos. Só no primeiro quadrimestre de 2018, o número de aparelhos recuperados subiu 643% em relação ao mesmo período de 2017. No ano passado, 165 celulares haviam sido recuperados no ano, enquanto, este ano, o número subiu para 1.226.

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget